Uso partilhado do Centro Municipal de Recolha Oficial de Animais de Companhia de Mêda


Tem sido crescente e notória a importância assumida pelos animais de companhia na sociedade atual, quer em número, quer em termos de consciencialização dos seus direitos e qualidade de vida. Conscientes das competências que incumbem às Câmaras Municipais na área do bem-estar animal, controlo de zoonoses e controlo de animais errantes, os municípios de Mêda e Trancoso, assinaram ontem, quinta-feira dia 13, nos Paços do Concelho de Mêda, um protocolo de colaboração para usufruto das instalações do Centro Municipal de Recolha Oficial de Animais de Companhia de Mêda (CMROACM).


A existência do Centro Municipal de Recolha Oficial de Animais de Companhia de Mêda – CMROACM, permite responder às preocupações de defesa de segurança e saúde públicas e contribuir para a criação de uma sensibilidade coletiva para o bem-estar de animais de companhia nos dois concelhos, disponibilizando um local que garante boas condições de sobrevivência e tratamento de cães e gatos que sejam encontrados, perdidos ou abandonados, a deambular pela via pública, colmatando assim um problema de saúde pública.


A utilização conjunta deste equipamento visa uma maior eficiência dos serviços e a redução de custos da prestação de um serviço público, contribuindo deste modo para uma maior capacidade do Centro Municipal de Recolha Oficial de Animais de Companhia de Mêda – CMROACM, através do apoio designadamente nas tarefas de recolha de cães e gatos vadios, abandonados ou errantes. Para além das vantagens económicas deste tipo de parcerias, também a componente técnica se vê beneficiada através da partilha de conhecimentos e experiências.

As comitivas dos dois municípios fizeram uma visita às instalações do Canil Municipal, seguindo depois para a Câmara Municipal de Mêda, onde foi assinado o protocolo de cooperação.