Espera-se captar turistas para a sede do concelho e de divulgar o património histórico e arqueológico municipal.

A autarquia assumiu a intenção de edificar um Museu de Arqueologia com o objetivo de atrair turistas para a sede concelhia e de divulgar o património histórico e arqueológico municipal. Estão já executados o projeto de arquitetura e, no próximo ano, espera-se candidatar a obra a fundos comunitários.

O espaço museológico envolve um investimento de cerca de 900 mil euros e está projetado para a antiga casa dos magistrados, localizada na avenida principal, que se encontra atualmente em ruínas. Sendo o turismo, cada vez mais um importante pilar na economia, existe a necessidade de se apostar no património e no turismo. O nosso concelho é rico em património e a criação do Museu de Arqueologia será uma mais-valia e uma forma de atrairmos mais turistas. Muita gente visita a aldeia histórica de Marialva e a localidade de Longroiva, mas não se deslocam à sede de concelho por não existirem atrativos turísticos, situação que seria ultrapassada com a criação de um espaço museológico.

O futuro Museu de Arqueologia projetado pela Câmara Municipal de Mêda apostará nas novas tecnologias e dará ao visitante a possibilidade de, a partir da cidade sede de concelho, visualizar todo o valiosíssimo património existente no território do município. Para além do património histórico existente nas aldeias de Marialva e de Longroiva, o concelho também possui dois centros arqueológicos de grande interesse, um em Vale de Mouro, freguesia de Coriscada, e outro no Castro de São Jurge, próximo da barragem de Ranhados, que já foram submetidos a escavações arqueológicas patrocinadas pela Câmara Municipal. No Castro de São Jurge, os arqueólogos encontraram um santuário rupestre datado do terceiro ou quarto milénio a.C. (antes de Cristo), num local onde também terá existido uma igreja medieval. Em Vale do Mouro, Coriscada, localiza-se uma aldeia romana onde foram descobertas diversas áreas revestidas com mosaico policromado idêntico ao de Conímbriga, o que revela a importância do sítio romano.