Car@ Amig@,

Chegou o mês de Agosto, mês em que em todas as terras do nosso concelho veem chegar os seus filhos vindos de vários pontos do mundo e do país.

Sabemos que este regresso, infelizmente, é uma estadia temporária e que não permitirá realizar o desejo de muitos, de por cá poderem ficar.

Uns por opção, outros, dadas as circunstâncias,  para melhorar as condições de vida, foram obrigados a emigrar, no entanto sabemos-vos sempre fieis às raízes da terra que vos viu nascer e crescer. Neste sentido, quero expressar-vos, nestas minhas singelas mas sentidas palavras, o desejo de vos receber de forma aberta e afetuosa já que sois parte importante do nosso concelho.

Sois os nossos embaixadores além fronteiras, sois o povo que leva no coração os valores que nos unem enquanto Medenses e amantes da nossa terra. Por isso, não posso deixar de vos expressar o enorme agrado na vossa estadia, e desejar ver-vos felizes e orgulhosos do nosso cantinho natal.

Para os residentes da Mêda e concelho, que aguardam com grande expectativa a chegada dos seus entes queridos, este também é o tempo da partilha, de recordar tempos em que vivemos juntos, e a garantia que as nossas memórias jamais se irão apagar.

São igualmente bem-vindos os imigrantes residentes, nos diversos pontos do nosso País, e seus convidados, que vêm igualmente saborear os prazeres mágicos que a Mêda proporciona. O nosso vasto património, a nossa gastronomia, a natureza, as nossas festas populares e a nossa humilde simpatia em vos saber receber são os ingredientes necessários para usufruírem de umas belas e merecidas férias de Verão.

Como edil do município da Mêda, o meu desiderato é que, um dia, o vosso regresso seja efetivo e assim possam contribuir para a valorização do nosso concelho.

Com um abraço afetuoso

Anselmo Sousa